Sobre o Uso da Letra Maiúscula

Em grande parte dos trabalhos que revisamos, as pessoas apresentam muitas dúvidas quanto ao uso da letra maiúscula.

O uso obrigatório se dá no início dos períodos, como já dizia Pablo Neruda: “Escrever é fácil. Você começa com uma letra maiúscula e termina com um ponto final. No meio, você acrescenta as ideias.“. Vale lembrar que o sinal de dois pontos não anuncia um novo período, logo, não se usa a inicial maiúscula após os dois pontos.

Os nomes próprios (de pessoas, de lugares, de instituições, de festas), sejam eles reais ou fictícios, obrigatoriamente começam com letra maiúscula.  

Há casos de nomes comuns, em que é preciso levar em conta o significado da palavra dentro daquele contexto. A palavra “estado”, por exemplo, pode ser grafada com inicial maiúscula (Estado) quando se referir a “Nação politicamente organizada por leis próprias.” ou “Conjunto das estruturas institucionais que asseguram a ordem e o controle de uma nação”, segundo o dicionário Michaelis On-line. Isso também ocorre com a palavra Igreja, quando se refere a uma comunidade, um corpo social organizado.

Outra situação que requer o uso obrigatório da inicial maiúscula é o desdobramento das siglas, por exemplo, Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP).

Um caso delicado de uso da letra maiúscula é feito nos meios digitais (redes sociais, e-mails…). Usa-se a CAIXA ALTA para expressar intensidade, realce, destaque, mas seu uso pode ser mal interpretado dependendo da formalidade do contexto. A tentativa de dar destaque a uma palavra, seja com apenas a inicial maiúscula ou com todas as letras maiúsculas, pode parecer um grito digitado: CUIDADO!

Por fim, o exemplo mais inadequado de uso das maiúsculas é o do título deste post, que também é um recurso disponível no Word: “Colocar Cada Palavra em Maiúscula”. Esse recurso não pode ser usado de forma aleatória, ou seja, se aquelas palavras não são nomes próprios, não começam a frase ou não são desdobramento de siglas, não há porque deixá-las com inicial maiúscula.

Qualquer dúvida, entre em contato!

Consulte também o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

Fernanda Massi é Mestra e Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela UNESP/Araraquara e Pós-doutora em Linguística Aplicada pela UNICAMP. Foi professora de Metodologia do Texto Científico na UNESP/Araraquara e na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), tendo orientado trabalhos de conclusão de curso e de iniciação científica. Trabalha com revisão de texto desde o início da sua graduação em Letras, em 2004, e já revisou inúmeros trabalhos de diversas áreas. É também a responsável pela equipe de revisão da Letraria.

 

 

8 Comentários. Deixe novo

  • Arnaldo Neto
    05/09/2018 14:06

    Como procedo com cargos e afins em documentos jurídicos formais?

    Ex. 1: O Promotor de Justiça Fulano fez isso ou o promotor de justiça Fulano fez isso?
    Ex. 2: O Juízo da Comarca Exemplo decidiu nesse sentido ou o juízo da comarca Exemplo decidiu nesse sentido?

    Obrigado pela disposição em ajudar!

    Arnaldo.

    Responder
    • Olá, Arnaldo! Obrigada por compartilhar sua dúvida. Se usássemos as iniciais maiúsculas nesses casos, estaríamos tratando “promotor de justiça” e “juiz da comarca” como nomes próprios. Na verdade, eles são cargos que estão determinados, no seu exemplo, pelos nomes próprios que vêm a seguir (Fulano e Exemplo). Sendo assim, não há obrigatoriedade (nem necessidade) de usar a inicial maiúscula, o que não significa que estaremos “desmerecendo” essas palavras (promotor e juiz), ok? 😉

      Responder
  • Por que os nomes de países estão escritos com letra inicial maiúscula?

    Maísa

    Responder
    • Letraria E-ditora
      02/04/2020 13:39

      Olá, Maísa! Os nomes de países são nomes próprios, assim como os nomes de pessoas, cidades, estados, por isso são escritos com inicial maiúscula. 😉

      Responder
  • […] As palavras-chave são grafadas com inicial maiúscula e separadas por ponto final. Tem um texto aqui no blog sobre o uso da letra maiúscula. Aqui, o critério é justamente o ponto final, ou seja, depois do ponto final, a inicial da […]

    Responder
  • ROSEMEIRE PEREIRA DUARTE
    12/02/2021 17:16

    Acerca da pergunta: Juízo da comarca ou juizo da comarca. Complemento que deve neste caso, juízo é com letra maiúscula: o d. Juízo da Comarca tal…, se na mínúscula, ficaria juízo da Comarca e comarca não é ente que tenha juízo.

    Responder
  • ROSEMEIRE DUARTE
    12/02/2021 17:16

    Acerca da pergunta: Juízo da comarca ou juizo da comarca. Complemento que deve neste caso, juízo é com letra maiúscula: o d. Juízo da Comarca tal…, se na mínúscula, ficaria juízo da Comarca e comarca não é ente que tenha juízo.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Novo visual, novo site!
II Jornada Leitores e Leituras na Contemporaneidade
Menu